Conheça os principais problemas causados pelo uso excessivo do salto alto

salto alto

Inflamação dos tendões, encurtamento da musculatura da panturrilha, lesões sobre as bursas e articulações, quedas, torções do tornozelo e dores na coluna lombar. Parece muito, mas esses são apenas alguns dos problemas causados pelo uso excessivo do salto alto.

O acessório é considerado quase indispensável pela maioria das mulheres e é difícil não encontrar ao menos um par no armário delas. O motivo que leva as mulheres a usarem salto alto é praticamente unânime: além de deixar mais atraente, ele provoca a sensação de bem-estar e poder. Apesar disso, o custo de usá-los em excesso provoca desconforto imediato e pode ocasionar problemas de saúde no longo prazo.

Fraturas de stress, alterações na maneira de andar, prejuízos às articulações, alteração postural, deformidades nos dedos, calosidades em áreas de sobrecarga, alterações da gordura da planta do pé, joanete e tendinite são outros problemas que podem ser causados pelo uso frequente do salto alto.

Embora sejam elegantes e estilosos é preciso usá-los com cautela e tomar cuidados importantes. No caso das mulheres, existe uma pré-disposição de até quatro vezes no desenvolvimento de problemas nos pés e estima-se que mais de 3% da população acima de 55 anos pode sofrer com artrite no joelho. Se o uso do salto for frequente, problemas como estes podem aparecer antes do previsto e com mais intensidade.

Salto alto na medida certa

Para quem não quer abandonar o salto, o importante é usá-lo na medida certa. Evitar o uso no dia a dia e optar por modelos mais confortáveis com suporte de todo o pé como a anabela e ameia-pata e mais largos, para distribuir o peso do corpo e estabilizar a planta do pé, será um diferencial.

Pesquisa aponta hábitos das brasileiras ao usar salto alto

A pesquisa “O Salto Alto e a Mulher Brasileira“ revelou diversos hábitos das brasileiras ao usar salto alto. A altura do salto varia de acordo com a faixa etária. As 1.835 mulheres entrevistadas responderam que conforme a idade avança, diminui o tamanho do salto. No caso de quem tem até 20 anos (43,2%), a preferência é usar salto acima de 8,5 cm.

Sobre sentirem dores nos pés, 95,7% das entrevistadas afirmaram que sentem dores quando usam sapatos de salto alto. 25,3% das brasileiras disseram que sentem dor intensa ao usarem salto alto. 80,1% delas indicaram que a dor é o principal motivo para não usar sapatos de salto alto por mais tempo.

62,1% das mulheres que sentem dores nos pés usando salto alto, não conseguem permanecer mais de 2 horas em pé sem desconfortos. 100% delas, que disseram sentir dores, indicaram dor em algum osso do metatarso (região do antepé).

Veja a pesquisa completa. 

Ao apresentar um dos sintomas, procure um ortopedista

Se você tem consciência que exagera no uso do salto alto e já apresenta um dos problemas citados na matéria, como dores na lombar, joanete, dores na planta do pé, tendinites e bursites, o ideal é que você consulte com um especialista. Quanto antes identificado o problema, mais fácil será de corrigi-lo.

Comentários

Carregando... Por Favor Aguarde.